You are hereEvolução Brasileira no CQ WPX Contest CW e SSB

Evolução Brasileira no CQ WPX Contest CW e SSB


PorPY1ZV-0 - Enviado em 30 May 2012

O CQ WPX é um conteste tradicional e vem acontecendo patrocinado pela Revista CQ Magazine desde 1975 inicialmente somente com a fase SSB e em 1979 adentrou a fase de CW ,  desde o início os Brasilerios estão presentes representado na primeira edição de 1975 por19 estações em SSB e na estreia do Cw no CQWPX tivemos 7 estações brasileiras na competição.

Desde então o conteste veio crescendo no Brasil mais com pequenos aumentos e a participação era sempre no mesmo patamar porém abaixo do crescimento mundial do conteste, o que nos leva  dizer que simplesmente ele não decolou, apesar de varios esforços individuais e de Grupos de contestes que apareceram na data de 70 e 80 e resultados expressivos conseguidos por brasileiros, mais ainda eram um vôos solos no WPX que teve uma pequena melhora no período na fase CW mais nada espetacular.

Na decada de 90, mais precisamente entrre 1995 e 1999 o CQ WPX SSB teve no brasil seu primeiro sinal de popularização, tendo um crescimento no período de quase 380% , saindo de 20 representantes em 1995 para 76 em 1999, uma pena que o WPX CW  não acompanhou na mesma proporção  tendo um crescimento mais modesto mais ainda significativo com  81%  saindo de16 para 29 e  desde então se mantendo estável no incio dos anos 2000.

Podemos creditar parte dessa evolução ao log eletrônico que começou a popularizar no mundo inteiro os contestes devido a facilidade do envio e da propria operação , ainda com o bom e velho CT  que abriu as primeiras portas estimulando ao crescimento mundial inclusive no Brasil.

Após está fantástico crescimento até 1999 surpreendentemente em 2000 perdeu-se muito terreno com um encolhimento do conteste na fase SSB em terras brasileiras, o golpe foi sentido no ano seguinte e em 2002, tivemos uma recuoperação em 2003 batendo o recorde de participações até então, mais foi fogo foi de palha e mais uma vez se fez o desestímulo até 2006 provavelmente pela diminuição da propagação a queda em participantwess foi uma vez mais muito grande chegando no período a  50% nos levando a retroceder a números menores dos os de 1998.

Enquanto isso a fase CW manteve sem alterações muito significativas, sem o crescimento ou perda que fosse digino de nota o que não era nada agradável pois o patamar entre 20 e 30 estações é muito pouco para um pais com mais de 30 mil radioamadores licenciados.

Em 2007 o rebote  do acontecimento do WRTC em 2006 no Brasil, e coincidindo com o efetivo trabalho do Rio Dx Group que se juntou aos demais grupos de Dx e contestes, começou a evolução continua da participação brasileira, saindo dos 60 para 110 estações ativas  em 2009 batendo o recorde do maravilhoso ano de 2003,  que perdurava até então, em 2010, 2011 e  agora em 2012 continuamos ano a ano batendo recordes e o gráfico sempre crescente como deve ser.

PY1KS/PY2SEX ALEX Recordista Mundial 40m LP (A) CW e 10m LP (A) SSB  

No CW os números são bem parecidos sendo somente um pouco mais tímidos no absoluto, mais com crescimento  também linear e consistente tendo em 2009 recuperado o recorde com 48 participações perdurava desde 2004 com 37  estações nquele  ano. Em 2011 tivemos 61 participantes e a expectativa para 2012 e que este número uma vez mais seja batido acompanhando o conteste de SSB que tivemos em 2012 o número fantástico 157 estações batendo inclusive o mais popular conteste promovido no exterior aqui no Brasil que era o CQWW(*) que em 2011 contou com 148 participantes na fase SSB , levando o Brasil para dentro do "TOP-TEN" na listagem dos mais ativos durante os contestes .

 

 

(*) Não considerado o CQDX MM por ser organizado por grupo brasileiro sendo considerado de apelo diferenciado.

 

 

Pesquisar

Navegação

Quem está online

No momento há 1 usuário e 136 visitantes online.

Novos usuários do site

  • PY1KX
  • PU1PAX
  • PU1LMN
  • PU1YTB
  • pu1vkg

Divulgar

Conteúdo sindicalizado